Site Overlay

Klabin, Suzano e JBS recuam em meio à queda do dólar

As ações das companhias exportadoras com receita em dólar Klabin, Suzano e JBS, foram as maiores baixas do principal indicador da B3, o Ibovespa, nesta sexta-feira (25), devido ao recuo do dólar.

Na outra ponta, os papéis das empresas de educação Cogna e Yduqs foram as maiores altas do indicador. Os ativos da empresa de aluguel de carros Localiza também subiram após anúncio de pagamento de juros sobre capital próprio (JCP).

Confira os destaques do dia.

Exportadoras

As companhias com receita em dólar operaram em forte queda nesta sexta-feira em meio ao recuo do dólar, que encerrou em R$ 4,74, maior baixa no último ano.

TickerCotação em R$ Variação em %SUZB356,75-6KLBN1124,97-6,13JBSS335,42-3,72

Cogna

A Cogna (COGN3) disparou 19,48%, para R$ 2,76. A empresa obteve lucro líquido de R$ 65 milhões ante R$ 4 bilhões de prejuízo no mesmo período do ano anterior.

Em base ajustada, a empresa teve prejuízo de R$ 74,9 milhões no trimestre, redução de 87,3% frente o resultado negativo de R$ 589 milhões publicado na mesma etapa de 2020.

A receita líquida da companhia caiu 5,6% no trimestre, para R$ 1,6 bilhão, enquanto as despesas operacionais recuaram 3,9%, a R$ 318,4 milhões. A Yduqs (YDUQ3) também subiu 9,05%, para R$ 20,97, embalado pelo cenário positivo das empresas de educação.

Localiza

Localiza (RENT3) subiu 2,82%, para R$ 60,83. A empresa anunciou a distribuição de juros sobre o capital próprio (JCP) no valor bruto de R$ 110,3 milhões, equivalente a R$ 0,146 por ação.

Veja também